Há quatro décadas, reportando de São Paulo para o mundo

FAÇA PARTE DA ACE

A ACE é uma associação sem fins lucrativos criada para dar apoio ao trabalho de jornalistas estrangeiros sediados em Brasil. Mais de 30 nacionalidades já passaram pela associação, entre jornalistas que

Em 2015, reuniu 63 associados efetivos, de 23 nacionalidades, que trabalhavam para a mídia de 21 países de Europa, Asia e América.

Você mora no Brasil e trabalha para a mídia estrangeira? Junte-se a nós!

Como se tornar um membro da ACE: 

1. Realize o seu depósito na conta da associação:
Banco: Itaú
Agência: 0183
C/C: 75756-6
CNPJ: 07.852.386/0001-09
Nome: ASSOCIACAO C E ACE

2. Nos envie o comprovante por e-mail:

tesoureiro@correspondentes.org.br
Assunto: COMPROVANTE ACE 2018-2019

3. Nos envie os seguintes dados:
• Nome Completo
• Número do documento
• (RNE/Passaporte/CPF..)
• País de Origem
• Foto para a carteirinha

4. Aguarde a chegada da sua carteirinha!

 

Modelo da carteirinha

 

Como membro da ACE você tem direito a:

– Participação nas nossas entrevistas coletivas, viagens e eventos sociais;
– Carteirinha de imprensa da ACE;
– Acesso completo ao nosso novo website com as últimas informações;
– Inclusão no nosso mailing, com lançamentos interessantes;
– Participação nas assembleias e um voto nas atas e eleições;
– Descontos para atividades culturais e cursos na Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP)

Valor de anuidade

Correspondentes em São Paulo ……………………. R$ 180

Correspondentes fora de São Paulo ………………. R$ 90

Correspondentes no Rio de Janeiro: contate os nossos colegas de www.acie.org.br

 

Ponte Rio – São Paulo

As Associações de Correspondentes do Rio de Janeiro e de São Paulo formalizaram um acordo de cooperação na forma de participação dos associados em ambas as instituições.

1) Correspondentes estrangeiros devem se associar à associação presente na sua cidade de residência, seja São Paulo ou Rio de Janeiro;

2) Membros residentes em outros estados poderão pagar metade da anuidade, R$ 90,00 (noventa reais) por ano, para receber às informações e atividades das duas associações  (coletivas organizadas, viagens, cafés da manhã…)

3) O valor da anuidade dará o direito de receber a carteirinha da associação de São Paulo.

Contato ACIE – Rio de Janeiro: com acie@acie.org.br

Contato ACE – São Paulo: contato@correspondentes.org.br

Rio de Janeiro/São Paulo, 28 de agosto de 2018.

SUA MENSAGEM





Pulitzer e governo norueguês lançam fundo para cobertura de conscientização sobre problemas em florestas tropicais

Pulitzer e governo norueguês lançam fundo para cobertura de conscientização sobre problemas em florestas tropicais
setembro 28, 2018 ACE

A partir de uma iniciativa de jornalistas que cobrem questões ambientais na região da Amazônia, o Pulitzer Center e o NICFI, órgão do Ministério Norueguês do Clima e Meio Ambiente, estão financiando um fundo de US$5,5 milhões para cobertura da região amazônica nos países sul-americanos.

O fundo tem o objetivo de organizar oficinas e conferências regionais anuais além de servir como financiamento para 200 reportagens da mídia local e regional durante os cinco anos de duração. Para que sejam encontradas as principais regiões das vulneráveis florestas tropicais do mundo, esse fundo contará com comitês de assessoria jornalística, que servirão para selecionar as reportagens que deverão ser financiadas em cada região.

Jonathan Watts, editor de questões ambientais globais do jornal britânico The Guardian, irá presidir o comitê consultivo sobre a Amazônia. Esse será um comitê de seleção dos projetos jornalísticos e de aconselhamento dos jornalistas que participarem das oficinas anuais.

Junto a Watts estarão Simón Romero, correspondente nacional do The New York Times; Thomas Fischermann, correspondente no Rio de Janeiro para o jornal alemão Die Zeit; Adriana León, correspondente no Peru para o Los Angeles Time; Eliane Brum, jornalista e cineasta brasileira; Daniela Chiaretti, correspondente ambiental brasileira e jornalista do site Valor Econômico em São Paulo e Fabiano Maisonnave, correspondente na Amazônia pelo jornal Folha de S. Paulo

O Pulitzer Center é uma organização sem fins lucrativos que apoia jornalistas interessados em cobrir questões e conflitos sobre o meio ambiente. Atualmente são 150 reportagens internacionais financiadas atualmente pela organização, grande parte delas sobre as mudanças climáticas e outras questões que têm relação com florestas tropicais.

Para se candidatar ao projeto clique aqui

Para + detalhes clique aqui 

Para tirar dúvidas é só entrar em contato com o e-mail do projeto: amazon.rjf@pulitzercenter.org

 

 

Redação: Nathália Matos