Há quatro décadas, reportando de São Paulo para o mundo

FAÇA PARTE DA ACE

A ACE é uma associação sem fins lucrativos criada para dar apoio ao trabalho de jornalistas estrangeiros sediados em Brasil.

Em 2015, reúne 63 associados efetivos, de 23 nacionalidades, que trabalham para a mídia de 21 países de Europa, Asia e América.

Você mora no Brasil e trabalha para a mídia estrangeira? Junte-se a nós!

Como membro da ACE você tem direito a:

– Participação nas nossas entrevistas coletivas, viagens e eventos sociais;
– Carteirinha de imprensa da ACE;
– Acesso completo ao nosso novo website com as ultimas informações;
– Inclusão no nosso mailing, com lançamentos interessantes e nosso Newsletter quinzenal;
– Participação nas assembleias mensais e um voto nas atas e eleições;
– Descontos para atividades culturais.

Valor de anuidade

Correspondentes em São Paulo ……………………. R$ 360

Correspondentes fora de São Paulo ………………. R$ 180

Correspondentes em Rio de Janeiro: contate os nossos colegas de www.acie.org.br

 

Ponte Rio – São Paulo

As Associações de Correspondentes do Rio de Janeiro e de São Paulo formalizaram um acordo de cooperação na forma de participação dos associados em ambas as instituições.

1) Correspondentes estrangeiros devem se associar à associação presente na sua cidade de residência, seja São Paulo ou Rio de Janeiro;

2) Membros associados poderão pagar um valor simbólico de R$ 50,00 (cinquenta reais) por pessoa por ano, para também ter acesso às informações e atividades da associação da outra cidade. Tal como: acesso às informações por e-mail, coletivas organizadas, viagens, cafés da manhã, uso eventual da sede da associação como espaço de trabalho e etc.;

3) O valor simbólico não dará o direito de receber a carteirinha da outra associação;

4) Membros de fora de São Paulo ou Rio de Janeiro (capital) poderão escolher onde se associar com um desconto de 50% no valor da anuidade;

5) Os associados que por ventura estejam associados em uma cidade que não seja a de sua residência deverão fazer a migração a partir de janeiro de 2016;

6) Aqueles que desejarem participar de ambas as instituições poderão fazê-lo através do pagamento integral da anuidade (com direito a carteirinha).

7) Os membros da ACE que têm interesse em se associar no Rio pra o valor simbólico, podem entrar em contato com acie@acie.org.br. Os membros da ACIE podem entrar em contato com tesoureiro@correspondentes.org.br.

Rio de Janeiro/São Paulo, 01 de outubro de 2015.

SUA MENSAGEM





Festival Piauí Globonews de Jornalismo

Festival Piauí Globonews de Jornalismo
novembro 7, 2016 ACE

Nos dias 8 e 9 de outubro, membros da ACE foram convidados a acompanhar mesas de debate sobre Histórias do Poder nas reportagens, no Festival Piauí Globonews de Jornalismo em São Paulo.

Um dos debates mais procurados foi com o jornalista americano Walter Robinson, que coordenou a equipe do Boston Globe que investigou casos de pedofilia na Igreja Católica. O trabalho deu origem ao filme Spotlight, vencedor do Oscar. A nossa associada canadense Jill Langlois teve a oportunidade de acompanhar a apresentação:

“Achei muito interessante como eles precisavam trabalhar de um jeito bem diferente do que a gente trabalha hoje quando tem a ver com a tecnologia. No filme, por exemplo, eles mostraram numa cena bem rápida, o time fazendo a lista dos 90 e poucos padres abusivos que a igreja estava escondendo. O Walter Robinson falou que, na verdade, demorou semanas para montar essa lista. Até demorou um dia inteiro para achar um padre em particular. Em 2001, não tinha os databases e a facilidade de buscar online que tem hoje, então tudo demorava muito”, conta Jill.

“Ele também falou que quem trabalha num time que nem o do Spotlight tem que deixar o ego do lado porque é tudo trabalho de equipe mesmo e que não pode se preocupar com a matéria ser só o seu.”

Outras mesas de debate muito procuradas foram a do Michael Hudson, que contou os bastidores dos Panamá Papers, e a de Jon Lee Anderson, correspondente de guerra, colaborador da revista The New Yorker e autor de uma biografia sobre o Che Guevara.

Os colegas correspondentes Verónica Goyzueta (ABC – Espanha) e Simon Romero (NYT-Estados Unidos), participaram do festival mediando as mesas dos jornalistas Gina Morello, do jornal El Tiempo, autora de reportagens sobre a guerra colombiana, e César Batiz, autor de matérias sobre a censura nos governos Chávez e Maduro, na Venezuela.

A ACE agradece muito a equipe do festival para essa oportunidade para os nossos membros!