Há quatro décadas, reportando de São Paulo para o mundo

FAÇA PARTE DA ACE

A ACE é uma associação sem fins lucrativos criada para dar apoio ao trabalho de jornalistas estrangeiros sediados em Brasil. Mais de 30 nacionalidades já passaram pela associação, entre jornalistas que

Em 2015, reuniu 63 associados efetivos, de 23 nacionalidades, que trabalhavam para a mídia de 21 países de Europa, Asia e América.

Você mora no Brasil e trabalha para a mídia estrangeira? Junte-se a nós!

Como se tornar um membro da ACE: 

1. Realize o seu depósito na conta da associação:
Banco: Itaú
Agência: 0183
C/C: 75756-6
CNPJ: 07.852.386/0001-09
Nome: ASSOCIACAO C E ACE

2. Nos envie o comprovante por e-mail:

tesoureiro@correspondentes.org.br
Assunto: COMPROVANTE ACE 2018-2019

3. Nos envie os seguintes dados:
• Nome Completo
• Número do documento
• (RNE/Passaporte/CPF..)
• País de Origem
• Foto para a carteirinha

4. Aguarde a chegada da sua carteirinha!

 

Modelo da carteirinha

 

Como membro da ACE você tem direito a:

– Participação nas nossas entrevistas coletivas, viagens e eventos sociais;
– Carteirinha de imprensa da ACE;
– Acesso completo ao nosso novo website com as últimas informações;
– Inclusão no nosso mailing, com lançamentos interessantes;
– Participação nas assembleias e um voto nas atas e eleições;
– Descontos para atividades culturais e cursos na Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP)

Valor de anuidade

Correspondentes em São Paulo ……………………. R$ 180

Correspondentes fora de São Paulo ………………. R$ 90

Correspondentes no Rio de Janeiro: contate os nossos colegas de www.acie.org.br

 

Ponte Rio – São Paulo

As Associações de Correspondentes do Rio de Janeiro e de São Paulo formalizaram um acordo de cooperação na forma de participação dos associados em ambas as instituições.

1) Correspondentes estrangeiros devem se associar à associação presente na sua cidade de residência, seja São Paulo ou Rio de Janeiro;

2) Membros residentes em outros estados poderão pagar metade da anuidade, R$ 90,00 (noventa reais) por ano, para receber às informações e atividades das duas associações  (coletivas organizadas, viagens, cafés da manhã…)

3) O valor da anuidade dará o direito de receber a carteirinha da associação de São Paulo.

Contato ACIE – Rio de Janeiro: com acie@acie.org.br

Contato ACE – São Paulo: contato@correspondentes.org.br

Rio de Janeiro/São Paulo, 28 de agosto de 2018.

SUA MENSAGEM





Festival Piauí Globonews de Jornalismo

Festival Piauí Globonews de Jornalismo
novembro 7, 2016 ACE

Nos dias 8 e 9 de outubro, membros da ACE foram convidados a acompanhar mesas de debate sobre Histórias do Poder nas reportagens, no Festival Piauí Globonews de Jornalismo em São Paulo.

Um dos debates mais procurados foi com o jornalista americano Walter Robinson, que coordenou a equipe do Boston Globe que investigou casos de pedofilia na Igreja Católica. O trabalho deu origem ao filme Spotlight, vencedor do Oscar. A nossa associada canadense Jill Langlois teve a oportunidade de acompanhar a apresentação:

“Achei muito interessante como eles precisavam trabalhar de um jeito bem diferente do que a gente trabalha hoje quando tem a ver com a tecnologia. No filme, por exemplo, eles mostraram numa cena bem rápida, o time fazendo a lista dos 90 e poucos padres abusivos que a igreja estava escondendo. O Walter Robinson falou que, na verdade, demorou semanas para montar essa lista. Até demorou um dia inteiro para achar um padre em particular. Em 2001, não tinha os databases e a facilidade de buscar online que tem hoje, então tudo demorava muito”, conta Jill.

“Ele também falou que quem trabalha num time que nem o do Spotlight tem que deixar o ego do lado porque é tudo trabalho de equipe mesmo e que não pode se preocupar com a matéria ser só o seu.”

Outras mesas de debate muito procuradas foram a do Michael Hudson, que contou os bastidores dos Panamá Papers, e a de Jon Lee Anderson, correspondente de guerra, colaborador da revista The New Yorker e autor de uma biografia sobre o Che Guevara.

Os colegas correspondentes Verónica Goyzueta (ABC – Espanha) e Simon Romero (NYT-Estados Unidos), participaram do festival mediando as mesas dos jornalistas Gina Morello, do jornal El Tiempo, autora de reportagens sobre a guerra colombiana, e César Batiz, autor de matérias sobre a censura nos governos Chávez e Maduro, na Venezuela.

A ACE agradece muito a equipe do festival para essa oportunidade para os nossos membros!